Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DAS OSTRAS, NOVA ALIANÇA, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, Latin, Livros, Viagens



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
ESPAÇO CRIANDO E RECRIANDO NA EDUCAÇÃO INFANTIL


Projeto Olimpíadas

ESTE PROJETO FOI TRABALHADO DURANTE AS OLÍMPIADAS 2008 NE NOSSA CRECHE. FOI UM SUCESSO!

Mini-Projeto Olimpíadas

DURAÇÃO: 28 à 01/08/2008

· Objetivo geral: Ter “informações” e interesse sobre os vários tipos de esportes e suas competições nas olimpíadas procurando adequá-los ao cotidiano das crianças para que possam interagir entre si.

· Desenvolvimento: Trabalhar atividades desportivas adaptadas as faixas etárias

com variados tipos de jogos de bola, corrida, salto, etc.

· Estratégia: As atividades poderão ser realizadas em vários espaços da creche.


· Culminância: (Dia: 01/08) Pesquisa em grupo com painel sobre a CHINA (país que sediará os jogos e os atletas brasileiros que participarão deste evento.

SEGUNDA-FEIRA - Conversa informal sobre os Jogos olímpicos e início das competições na creche.

· Conversa informal sobre as olimpíadas, os esportes, atletas e países que participarão desta festa.

· Informações sobre as competições que os alunos irão participar.

· Conversa sobre o respeito aos colegas durante as competições.

· Hasteamento da Bandeira e ouvir o Hino nacional.


JOGOS-SALTOS

· Salto em altura -Amarrar um elástico nas duas pontas. A cada salto, o elástico é colocado em uma altura maior. Aqui a criança não poderá tocar o elástico.

· Salto em distância – Faça uma marcação no chão para o início do salto, e outra para o salto de chegada.

· Pular amarelinha e/ou corda.

· Choque elétrico (cobrinha).


TERÇA-FEIRA - CORRIDAS

· Corrida com bastões – Divida a turma em dois grupos. Marque uma linha para iniciar e outra para a chegada. Na linha de chegada, colocar um cesto para que os alunos possam correr até ele e colocar o bastão dentro. O primeiro grupo que colocar todos os bastões no cesto, ganha a partida.

· Corrida com obstáculos – Posicionar as crianças em dois grupos, amarrar um elástico nas duas pontas a uma altura para que as crianças possam pular sem muita dificuldade e bambolês para que possam pisar dentro deles. O grupo que terminar primeiro ganha.

· Correr na linha – Marcar no chão uma linha sinuosa, formar dois grupos e pedir que a percorram sem sair da marcação. Quem terminar primeiro vence.

· Corrida da centopéia – Forme duas equipes e as posicionem sentadas encaixando-as uma criança atrás das outra com as pernas abertas com uma bola para cada grupo. A bola deverá passar de uma criança para outra por cima da cabeça. Vence quem acabar primeiro.

QUARTA-FEIRA- JOGO COM BOLAS

· Bola ao cesto – Bolinhas e cestos de plástico. Forme dois grupos, cada criança com uma bola. Marque uma linha no chão, desta linha, dê um espaço de acordo com a faixa etária com a qual se está trabalhando e coloque o cesto para jogar as bolas. Dê uma bola para cada criança, e estas deverão jogá-las a partir da linha marcada no chão dentro do cesto. Ganhará a partida quem acertar mais bolas dentro do cesto.

· Boliche – Várias garrafas PET decoradas pelas crianças e bolas. Formar uma fila e pedir que joguem as bolas uma de cada vez por três vezes cada criança para acertar as garrafas. Vence o jogo quem derrubar mais garrafas.

· Jogo de petecas – Jogo com duplas ou vários jogadores em roda. Se deixar cair no chão, o jogador deverá sair da roda ou da dupla.

· Golfe – Cestos plásticos ou caixas de papelão e bolas de plástico ou de jornal. Montar um circuito com vários pontos no espaço escolhido para o jogo, prender os cestos ou caixas e formar duplas ou grupos que tentarão colocar a bola dentro do cesto ou caixa. Cada jogador terá uma bola para o jogo. Quem terminar primeiro o circuito, vencerá.


QUINTA-FEIRA – JOGOS LIVRES

· Rabinho atrás – Todos os jogadores deverão ter um “rabinho de tecido ou jornal” preso à roupa atrás e todos tentarão pegar “roubar” o “rabinho” do colega e ao mesmo tempo, proteger o seu “rabinho”. Quem “roubar” mais “rabinho” ou o último que ficar com o “rabinho” ganhará a disputa.

SALA DE VÍDEO

· Vivo e morto.

· Estátua.

· Corrida maluca – Correr pulando em um pé só, com os dois pés, engatinhando, saltando como um sapinho, arrastando o bumbum.

· Montar e desmontar quebra-cabeças.

· Encaixe de blocos – Dar a mesma quantidade de blocos para cada criança que deverão encaixá-los em um tempo estipulado pelo professor (a).


SEXTA – FEIRA

· Confecção de de cartaz sobre as olimpíadas, brincadeira livre e culminância do PROJETO com premiação dos atletas com medalhas e coroas.


OBS: Poderão ocorrer mudanças nas atividades no decorrer da semana.

Escrito por Cecilia Alcântara às 21h15
[] [envie esta mensagem] []





Escrito por Cecilia Alcântara às 22h28
[] [envie esta mensagem] []





Escrito por Cecilia Alcântara às 22h22
[] [envie esta mensagem] []



MINI-PROJETO DIA DA CRIANÇA

"A criança aprende o que vive e vive o que aprende"

OUTUBRO⁄2008
OBJETIVOS
• Desenvolver a habilidade de falar, perguntar, responder, expor idéias e Hipóteses.
• Formar cidadãos críticos.
• Explorar e realizar criações artísticas variadas.
• Promover o aprendizado através do contato com a leitura e escrita por meio de livros, revistas e jornais.
• Desenvolver a coordenação motora, noções de espaço, etc.
• Aprender procedimentos de pesquisa em jornais e revistas.
• Contar e recontar histórias começo, meio e fim).
• Refletir sobre a organização do sistema de numeração.
• Resolver problemas.
• Coletar, organizar, classificar e interpretar informações matemáticas.

DESENVOLVIMENTO: Através de conversas informais, rodinhas, atividades com materiais recicláveis, músicas, textos informativos, produções textuais, murais, painéis coletivos, jogos interativos, pinturas com guache, giz de cera, etc.

CULMINÂCIA: Todos os trabalhinhos realizados neste período deverão ser expostos no último dia do projeto que deverá ser no dia 31⁄10∕08 (sexta-feira).

OBS: Outras datas importntes deverão ser lembradas durante este mês como:

• 04 - Dia dos animais e Dia das aves
• 12 – Dia da Criança
• 15 – Dia do Professor
• 18 – Dia do Médico
• 25 – Dia da Democracia, Dia da Saúde Dentária, Dia do Dentista.



Escrito por Cecilia Alcântara às 20h22
[] [envie esta mensagem] []



AGENDA

AGENDA DE ATIVIDADES PARA CRECHE

(ESTE É UM EXEMPLO PARA ORGANIZAR OS HORÁRIOS)

07:00 - Chegada
08:15 - Café da manhã
08:40 - Recreação
09:00 - Atividades pedagógicas
10:15 - Banho
11:00 - Almoço
11:30 - Repouso
13:30 - Atividades pedagógicas
14:30 - Lanche
16:00 - Recreação lúdica dirigida
17:00 - Encerramento (Encerramento das atividades pedagógicas)

Chegada
As crianças chegam à Creche. Uma das educadoras as recebe.

Café da manhã
Às 8:15 horas é servido o café da manhã.

Recreação
Em seguida, as crianças acompanhadas das educadoras vão para o pátio onde acontecem momentos de recreação. Normalmente é feita uma rodinha e as educadoras comentam e fazem perguntas sobre vários assuntos como por exemplo: o clima, a temperatura, as estações do ano, os dias da semana. Através de perguntas dirigidas incentiva que cada criança fale sobre fatos acontecidos com elas no dia anterior, após a saída da Creche, ou no fim de semana. As monitoras comentam ainda sobre as atividades que serão desenvolvidas naquele dia. Quando é data comemorativa há uma explicação sobre o tema. Os aniversariantes também são lembrados. Desfazendo a rodinha continuam no pátio participando de diversas brincadeiras lúdicas dirigidas pelas educadoras.

Atividades pedagógicas
Às 9 horas vão para suas respectivas salas, onde participam de atividades pedagógicas, como: jogos, pintura, colagem, etc.

Banho
Às 10:15 horas é hora do banho. Enquanto uma educadora dá o banho em seus alunos, as outras crianças estão participando de atividades com a outra educadora.

Almoço
Às 11:00 horas é servido o almoço.

Repouso
Após escovarem os dentes, todas as crianças dormem entre 11:30 e 13:30 horas. Quando acordam vão para o refeitório, onde normalmente comem uma fruta.

Atividades pedagógicas
Às 13:30 horas as crianças vão para as salas para atividades pedagógicas.

Lanche e recreação
Às 14:30 horas é servido um lanche reforçado e depois vão para o pátio, onde participam de brincadeiras diversas até o horário de irem embora, às 17 horas.

Encerramento

Às 17:00 horas encerramos as atividades pedagógicas e aguardamos a saída das crianças.

# DEPENDENDO DA NECESSIDADE DOS PAIS, ESSE HORÁRIO PODERÁ SER ESTENDIDO.



Escrito por Cecilia Alcântara às 23h45
[] [envie esta mensagem] []





"NÃO CORRA ATRÁS DAS BORBOLETAS, PLANTE UMA FLOR NO SEU JARDIM E TODAS AS BORBOLETAS IRÃO ATÉ ELA." (D. ELHERS)


Escrito por Cecilia Alcântara às 12h05
[] [envie esta mensagem] []



MINI-PROJETO PRIMAVERA

MINI-PROJETO PRIMAVERA

SETEMBRO⁄2008

MINI-PROJETO: PRIMAVERA, INDEPENDÊNCIA DO BRASIL e DIA DA ÁRVORE

OBJETIVO GERAL: Valorizar o meio ambiente com o despertar da consciência ecológica através da reciclagem de materiais transformando sucata em arte, entender a importância da natureza e de sua preservação e desenvolver a compreensão do nosso passado histórico formando um cidadão consciente.

DESENVOLVIMENTO: Conversas informais, rodinhas, atividades com materiais recicláveis, músicas, textos informativos, produções textuais, murais, etc.

CULMINÂCIA: Todos os trabalhinhos realizados neste período deverão ser expostos no último dia do projeto que deverá ser no dia 30⁄09∕08 (terça-feira).

OBS: Outras datas importntes deverão ser lembradas durante este mês como:

• 07 • Independência do Brasil,
• 21 • Dia da Árvore
• 23 • Início da primavera,
• 25 • Dia Nacional do Trânsito
• 27 Dia Nacional do Idoso



Escrito por Cecilia Alcântara às 11h50
[] [envie esta mensagem] []



Avaliação na Educação Infantil

Este texto encontrei em um blog de E.I. e achei interessante partilhar.

A AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL


• Observar e compreender o dinamismo presente no desenvolvimento infantil é fundamental para redimensionar o fazer pedagógico. Essa compreensão influenciará diretamente na qualidade da interação dos professores com a infância.

• O conhecimento de uma criança é construído em movimento de idas e vindas, portanto, é fundamental que os professores assumam seu papel de mediadores na ação educativa. Mediadores que realizam intervenções pedagógicas no acompanhamento da ação e do pensamento individualizado infantil.

• Ainda hoje, na prática cotidiana, é comum, não só na Educação Infantil, como nos demais níveis de ensino, os avaliados serem só os alunos. É necessário que a clássica forma de avaliar, buscando “erros” e “culpados", seja substituída por uma dinâmica capaz de trazer elementos de crítica e transformação para o trabalho.

• Nesse processo, todos – professores/recreadores, coordenação pedagógica, direção, equipe de apoio e administrativa, crianças e responsáveis – devem sentir-se comprometidos com o ato avaliativo.

• Para focar o olhar em como se avalia, sugere-se atenção aos pontos abaixo, nos espaços de Educação Infantil:
Análises e discussões periódicas sobre o trabalho pedagógico.
Estas ações são realizadas nos encontros periódicos. Elas fornecem elementos importantes para a elaboração e reelaboração do planejamento. Igualmente importante é dar voz à criança. Nesse sentido, a prática de avaliar coletivamente o dia-a-dia escolar, segundo o olhar infantil, traz contribuições fundamentais e surpreendentes para o adulto educador, ao mesmo tempo que sedimenta a crença na concepção de criança cidadã.

Observações e registros sistemáticos.
Os registros podem ser feitos no caderno de planejamento, onde cada professor/recreador registra acontecimentos novos, conquistas e/ou mudanças de seu grupo e de determinadas crianças, dados e situações significativos acerca do trabalho realizado e interpretações sobre as próprias atitudes e sentimentos.
É real que, no dia-a-dia, o professor/recreador não consiga registrar informações sobre todas as crianças do seu grupo, mas é possível que venha a privilegiar três ou quatro crianças de cada vez e, assim, ao final do período, terá observado e feito registro sobre todas as crianças.

Utilização de diversos instrumentos de registro.

Para darmos espaço à variada expressão infantil, arquivos contendo planos e materiais referentes aos temas trabalhados, relatórios das crianças e portfólios podem ser utilizados como instrumentos de registro de desenvolvimento.
O professor/recreador deve organizar um dossiê de cada criança, guardando aí seus materiais mais significativos e capazes de exemplificar seu desenvolvimento.
Também durante a vivência de um projeto de trabalho, cada grupo deve ter como meta a produção de um ou mais materiais que organize o conhecimento constituído acerca do assunto explorado. Assim sendo, o arquivo de temas é o dossiê do projeto realizado pelos grupos de uma mesma instituição.

Construção de um olhar global sobre a criança

A fim de evitar um ponto de vista unilateral sobre cada aluno, é fundamental buscar novos olhares:
- Recolhendo outras visões sobre ela.
- Contrastando a visão dos responsáveis com o que se observa na escola/creche.
- Conhecendo o que os responsáveis pensam sobre o que a escola/creche diz.
- Refletindo sobre o que a família pensa em relação aos motivos de a criança comportar-se de determinada forma na escola/creche.
- Ouvindo a família sobre como pensa que poderia auxiliar a criança a avançar em seu desenvolvimento.
Fonte:www.multirio.rj.gov.br/portal/
♥☺☺☺♥☺☺☺♥☺☺☺♥☺☺☺♥
AQUI VAI UM EXEMPLO DE AVALIAÇÃO DESCRITIVA

AVALIACÃO DO ----------------TRIMESTRE DE 2007.
PROFESSORA:-------------------------

ALUNO:-----------------------------------------------
Conteúdos Trabalhados:
Linguagem oral e escrita: Ampliação do vocabulário: reconto, narração e criação de novas histórias. Produção de textos coletivos. Reconhecimento e escrita do nome (próprio e dos colegas) e de palavras contextualizadas. Atividades envolvendo alfabeto móvel.
Matemática: Aquisição de conceitos que se constituam em elementos fundamentais da matemática e aplicá-los sempre que necessário. Ler e escrever numerais, associando-os ás quantidades que representam. Explorar a contagem crescente e decrescente através de brincadeiras.
História e Geografia: Desenvolvimento de sentimento de respeito e amor à família, escola, comunidade e pátria. Pesquisas brinquedos e brincadeiras de antigamente e feito uma comparação com os de hoje. Folclore brasileiro através de contos, pesquisas e vídeos.
Ciências: Identificação de dia e da noite e das estações do ano. Observação de fenômenos da natureza. As Partes do Corpo/Higiene e Saúde/Órgãos do sentido. Alimentação. Plantas/.Animais.
Avaliação da professora:
Neste segundo trimestre, NOME DA CRIANÇA teve um bom desempenho, envolvendo-se com interesse nas atividades propostas.
Continua estabelecendo um relacionamento muito amigável com seus colegas e professores. É muito atenta em aula e procura ajudar os colegas sempre que possível. Colabora no fortalecimento da amizade e respeito às regras de convívio na Escola. Na linguagem oral, consegue se expressar com clareza e seqüência lógica de idéias. Na linguagem escrita consegue ler e escrever palavras e frases simples. Na área do pensamento lógico não apresenta dificuldades, realizando com habilidade a adição e subtração.
Na maioria das vezes, sejam na realização das atividades, apresentações e outros, NOME, mostra-se entusiasmada incentivando os colegas a participarem ativamente das atividades propostas por mim ou por seus pares.
Com relação às tarefas escolares de casa continua demonstrando muita responsabilidade e capricho. É necessário que a família continue incentivando-a, encorajando-a a realizar as atividades e orientando-a no que for necessário. Da mesma forma, é necessário valorizar as suas conquistas para que ela possa superar suas dificuldades.


Escrito por Cecilia Alcântara às 11h29
[] [envie esta mensagem] []



PROPOSTA PEDAGÓGICA DE EDUCAÇAO INFANTIL

Estou partilhando com vocês este artigo que foi publicado no site www.psicopedagogiaonline.com.br para que, se houver alguém que precise de ajuda para fazer uma proposta pedagógica,acesse o site. Um abraço.

PROPOSTA PEDAGÓGICA DE EDUCAÇAO INFANTIL JARDIM CRECHE CRIANDO ARTE
Cecília Maria Barros de Alcântara
RESUMO
Esta Proposta Pedagógica tem como objetivo principal nortear o processo educativo que influencia decisivamente o ensino-aprendizagem da criança pequena enquanto SER único através da integração de seus aspectos físicos, emocionais, afetivos, cognitivos e sociais. Sendo a educação é um fenômeno social, esta se subordina à estrutura e a dinâmica das relações entre classes sociais, sejam elas na escola ou na sociedade ao qual o indivíduo faz parte. Assim, levando-se em conta a realidade educacional em que estamos inseridos o Jardim Creche Criando Arte elaborou sua primeira Proposta Pedagógica em sintonia com a LDB de 1996 que afirma: o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade. (LDB/96, capítulo II, artigo 29) juntamente com o Referencial Curricular Nacional Para a Educação Infantil (RECNEI). Assim, com o intuito de direcionar as atividades a serem desenvolvidas por professores e todos aqueles que atuam junto aos alunos desta escola, esta proposta ainda está em fase de (re)elaboração para o período letivo de 2008.


Publicado em 18/12/2007 09:47:00
________________________________________
Cecília Maria Barros de Alcântara - Pedagoga e Pós-graduanda UERJ/FEBF - E-mail: ilaalcantara@yahoo.com.br ou ceci.b.alcantara@gmail.com





Escrito por Cecilia Alcântara às 02h50
[] [envie esta mensagem] []



BEM-VINDOS



Escrito por Cecilia Alcântara às 01h31
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]